TJAM | ESPAÇO MARIA DA PENHA

Campanha Justiça pela Paz em Casa tem início com 776 processos em pauta

Ação é realizada pelos três Juizados Maria da Penha do TJAM, na capital.


Jus e Paz2Começou nesta segunda-feira (19) a 14.ª edição da campanha “Justiça pela Paz em Casa”, realizada pelos tribunais estaduais de todo o País, com o apoio do Conselho Nacional de Justiça. A ação é um esforço concentrado dos Juizados Especializados no Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, que inclui, além da pauta de audiências de instrução e julgamento, atividades multidisciplinares (educativas e de orientação). Para esta edição 776 processos foram pautados.

No 1.º Juizado, localizado no Fórum Azarias Menescal, no bairro Jorge Teixeira, 385 audiências foram pautadas para o período. De acordo com a juíza Ana Lorena Gazinneo, a mobilização é fundamental para sensibilizar a todos sobre os casos de violência. “As estatísticas são bem preocupantes, com o Brasil ainda ocupando o 5.º lugar no ranking mundial de violência contra a mulher. É importante sensibilizar a sociedadequanto à questão e as políticas públicas para combater esse problema são de vital importância", disse a magistrada. Além das audiências pautadas, o 1.º Juizado também promoveu, nesta segunda-feira, atividades do projeto "Maria Acolhe", com atendimento por equipe multidisciplinar a mulheres vítimas de violência.

Jus e Paz3No Fórum Ministro Henoch Reis (bairro de São Francisco) foram pautadas 205 audiências pela equipe do 2.º Juizado Maria da Penha e foi realizada uma ação educativa com a distribuição de panfletos informativos para o público. “Essa campanha é fundamental para darmos celeridade aos processos e, por isso, contamos com um reforço em nossa estrutura quanto ao número de funcionários; juízes; promotores e defensores para, assim, julgarmos o maior número de demandas possíveis, além de chamarmos a atenção para o tema com ações educativas, incentivando a mulher a denunciar e, dessa forma, romper o ciclo de violência’, destacou a juíza titular do 2.º Juizado Maria da Penha, Luciana Nasser.

Jus e Paz4No 3.º Juizado, também localizado no Fórum Henoch Reis, 186 audiências foram agendadas. De acordo com o juiz Reyson de Souza e Silva, a estrutura com a ampliação das equipes durante a campanha é fundamental para dar celeridade à tramitação processual. “O trabalho do 3.º Juizado estará focado na realização das audiências para agilizar o andamento dos processos, além de mobilizar a sociedade para a redução dos índices de violência doméstica”, enfatizou o magistrado.

Jus e Paz5Campanha

Realizada em todo País, três vezes ao ano, a campanha “Justiça pela Paz em Casa” busca agilizar processos que tramitam na Justiça brasileira sobre casos de violência doméstica contra a mulher. De acordo com o CNJ a campanha promove ações focadas no combate à violência doméstica, ampliando a efetividade da Lei Maria da Penha (Lei n.º 11.340/2006) que se firmou como um mecanismo eficiente para prevenir e punir a violência praticada contra a mulher no País.

 

 

 

 

Deborah Azevedo

Fotos: Daniel D'Araújo

DIVISÃO DE DIVULGAÇÃO E IMPRENSA
Telefones | (92) 2129-6771 / 99485-8526
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas - Divisão de Tecnologia da Informação e Comunicação (DVTIC) - Setor de Desenvolvimento de Sistemas (SDS) - Todos os Direitos Reservados