Mutirão de audiências de conciliação promovido pelo 3.º Juizado Especial Cível reúne consumidores e grandes litigantes

Imprimir

Mutirão 3oJECA ação foi coordenada pelo juiz Luís Cláudio Chaves e realizada no auditório da Fametro, nesta segunda-feira.


Mutirão Fam3O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) por meio do 3.º Juizado Especial Cível da Comarca de Manaus vai realizou na manhã desta segunda-feira (30) mais um mutirão de audiências de conciliação em processos que têm como parte requerida grandes litigantes (concessionárias de água, energia e telefonia; instituições financeiras, entre outros).

Mutirão Fam2A ação, foi coordenada pelo juiz Luís Cláudio Chaves, e foi realizada no auditório da Fametro, na Avenida Constantino Nery, e 100 processos estiveram em pauta.

De acordo com o juiz Luis Cláudio Chaves, o mutirão objetiva dar celeridade aos processos que tramitam no 3.° Juizado Especial Cível, envolvendo grandes litigantes. “ Conseguimos aumentar o acesso da população à Justiça, diminuir o tempo de duração dos processos e a sociedade é a beneficiada, e assim o princípio da garantia da razoável duração do processo, o princípio da efetividade que são fundamenatis tanto que após esse mutirão os processos em que não houver homologação de acordos serão sentenciados em 30 dias”, afirmou o magistrado, que está respondendo cumulativamente pelo 3.º JEC.

Quanto à estrutura do local a Fametro disponibilizou 12 salas, equipadas com computadores e mobiliário adequados à atividade de conciliação para receber 150 jurisdicionados. Entre as grandes litigantes estavam empresas concessionárias de água; de energia, empresas aéreas, empresas de telefonia móvel, de TV a cabo, seguradoras; lojas e supermercados; instituições financeiras e construtora.

A atividade contou com a participação de servidores do Tribunal de Justiça do Amazonas e a atuação na conciliação de 22 acadêmicos do curso de Direito do Centro Universitário Fametro, por meio do Núcleo de Práticas Jurídicas. “Nós selecionamos 22 acadêmicos , sendo que 10 deles já participaram de outros mutirões como este , mas eles foram treinados novamente e sempre é uma satisfação pois é a oportunidade deles colocarem em prática o que eles aprendem na sala de aula ", destacou a coordenadora do Núcleo de Práticas da Fametro, Alessandra Contiero.

 

Deborah Azevedo
Foto: Chico Batata
Revisão de texto: Joyce Tino

DIVISÃO DE DIVULGAÇÃO E IMPRENSA
Telefones | (92) 2129-6771 / 99485-8526
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.